segunda-feira, 15 de maio de 2017

Arma química do mundo virtual?

Continuando nas analogias do mundo real com o mundo virtual, o que aconteceu na última sexta-feira 12 de maio, um dia ainda será lembrado  como uma batalha com Arma química do mundo virtual, que atingiu de forma covarde e indiscriminada a população, sem condições de defesa e proteção.


Da qualquer forma, de que servem as precauções da população numa guerra do mundo real, quando as armas químicas são usadas por quem deveria protegê-las,  não é verdade?


Este evento não pode ser menosprezado, como sendo isolado ao mundo virtual, da internet ou do mundo dos computadores. Não existem mais fronteiras entre o mundo virtual e o mundo real!


Quantas empresas podem ter iniciado o processo de "quebra" a partir deste evento?


Quantos empreendedores deixarão de existir, porque perderam o conhecimento que poderia fazer a diferença?


Quantas pessoas, famílias, empresas e sociedades perderam seu passado, sua história, seu valor?


Quantas pessoas morreram e morrerão porque  não tiveram diagnóstico ou o atendimento de saúde?


Quantas pessoas morrerão nas guerras do mundo real,  por armas financiadas pelos BitCoins dos resgates?


Quantas famílias se desintegrarão, se tornando refugiados nos quatros cantos do mundo?


As consequências são muitas, as perdas também!



Imagino que um dia os responsáveis  por este evento serão julgados da mesma forma foram julgados os crimes de guerra, o genocídio,  o uso de armas química, de destruição em massa do Mundo Real!


Não adianta tentar transferir as responsabilidade pelos ataques para os pobres mortais consumidores...


IDFM

Nenhum comentário:

Postar um comentário