terça-feira, 23 de junho de 2015

A informação é viva !

As informações em livros são mortas, são apenas histórias !

Os teles jornais, Jornal Nacional por exemplo,  se não mudarem vão deixar de existir. O formato já é obsoleto! É a leitura de atestado de óbito em horário nobre, notícias que já foram "batidas" nas redes sociais e nos apps de mensagens instantâneas. Não agregam mais nada!

Hoje as notícias são propagadas no exato momento que acontecem. Não são únicas, são de diversas fontes, diversas versões, diversas referências, diversas PESSOAS e diversos CONTEXTOS.

Compartilhadas e na velocidade que são, deixam de ser pontuais, quando mais compartilhadas são mais completas e de múltiplos contextos o  que as transformam em consciência coletiva!

O conceito de que quem tinha a informação tinha o poder deixou de existir.

A Informação Compartilhada é o Poder!

Caso tenha interesse de saber mais minha opinião sobre o assunto, acessem:
Qual sua opinião sobre o assunto ?

Aprecio por você está lendo meus posts. Espero que este tenha  sido útil para você. Gostaria de saber sua opinião, comente, curta e repasse, em fim,  dê oportunidade a outros terem acesso à  estas informações, que podem vir a ser úteis para elas.

Obrigado!


quinta-feira, 18 de junho de 2015

#Iot - A internet das coisas e a recriação do marketing

Excelente artigo do Mauro Segura  "A internet das coisas e a recriação do marketing"

Também fico impressionado como o pessoal de uma forma geral deconhece a transformação que estamos vivendo, até mesmo quem é da área de TIC. 

Realmente para a maioria da população é pura ficção científica ou algo de um futuro ainda muito distante. Algo dos Jetsons!

Esta transformação vem acontecendo silenciosamente, sem alarde, principalmente pela quebra do paradigma de privacidade ser um tabu. O conceito tradicional de privacidade no meu entender é obsoleto e as pessoas antes de Mark Zuckerberg não consegue entender o novo contexto, nem mesmo os profissionais de TIC.

Tenho procurado levar este conhecimento ao leigos (fora da área de TIC)  do meu círculo de amizade para dismitificar a impressão deles que eu vivo no mundo da Lua ( não sabem eles que na verdade vivo  mundo das coisas e das nuvens).

Vamos continuar evangelizando este rebanho desgarrado!

A propósito, tenho a opinião que a verdadeira transformação do mercado, nos negócios, acontecerá quando houver a conscientização de que o que importa mesmo é o foco DO cliente, não adianta #Bigdata, #IoT, #Cloud e qualquer nova tecnologia, se não for o que o cliente considera relevante. 

O conceito de cliente em si, também deixará de existir, dando lugar ao indivíduo com um outro contexto.

Caso tenham interesse, tem outros Posts abordando este tema em http://avisara.blogspot.com visite e comente.

Qual sua opinião sobre o assunto ?

Aprecio por você está lendo meus posts. Espero que este tenha  sido útil para você. Gostaria de saber sua opinião, comente, curta e repasse, em fim,  dê oportunidade a outros terem acesso à  estas informações, que podem vir a ser úteis para elas.

Obrigado!

quarta-feira, 17 de junho de 2015

#BigData - O que tenho a ver com isso?


Vale o destaque para as afirmações  "A regra do jogo é a experiência do cliente" e  "O maior desafio é ser relevantes para os clientes"

Porém  a verdadeira transformação só virá quando houver a ruptura do conceito de "foco NO cliente" para "foco DO cliente". 

Os grandes players do vale do silício entendem bem disso. Essa  é a verdadeira  ameaça para todos segmentos, não apenas dinanceiro.

O rastro digital individual existente (os my data) já possibilita entender qual o foco DO cliente, o que realmente é relevante para o cliente do ponto de vista do próprio cliente.

Mas isso não garante futuro.

Em 2013 fiz um post abordando como fazer a diferença (ser relevante) para os cliente que ainda estão com fraldas e garantir uma existência no futuro.

Recomendo a leitura. Acesse : Geração C - A renovaçao na ponta do dedo !

Qual sua opinião sobre o assunto ?

Aprecio por você está lendo meus posts. Espero que este tenha  sido útil para você. Gostaria de saber sua opinião, comente, curta e repasse, em fim,  dê oportunidade a outros terem acesso à  estas informações, que podem vir a ser úteis para elas.

Obrigado!

Enviado do meu iPhone

sexta-feira, 12 de junho de 2015

O que é Cloud, IoT, Big Data ? - (Definição, significado , conceito)

Atendendo pedidos de seguidores, estou publicando este Post com o objetivo de conceituar de forma simples e para os leigos o significado de termos que estão na moda para quem é de TI (Informatica) e que vão moldar o futuro.

A consequência produzida por esses trecos já começam a fazer parte do dia-a-dia da população em geral sem ser percebido.

Vamos lá:

Cloud - Nuvem - É o conceito de computação distribuída em rede, rede de computadores, na nuvem é a forma comumente usada para dizer que está em algum lugar na rede, a internet por exemplo é Cloud publica mais abrangente, onde se armazenam informações, processam informações transfere informações, etc.

IoT - Internet of Things - Internet das coisas - Qualquer coisa que colhe informação e usa a internet ou a Cloud para armazenar, transferir informação... Uma geladeira, um relógio, uma pulseira fitness, os sensores de carros, radar, semáforos, fraudas, etiquetas de roupa, lâmpadas, termômetros, qualquer coisa que vc imaginar poderá coletar informações através da rede.

Big Data - São as informações que vem sendo geradas no dia-a-dia, localização, coordenadas geográfica, seu cadastro, sua temperatura, suas fotos, vídeos, as câmeras de vigilância, check-in, blogs, sua navegação na internet, suas consultas no Google, suas mensagens no Facebook, Twitter, email, whatapps, as informações geradas por seus dispositivos e sua coisas (IoT). Em fim, tudo que você faz... No popular é o rastro digital que pessoas vão deixando pela vida...

Hadoop, Analytics - são ferramentas, software, aplicativos, programas que fazem o papel de garimpador de informações de rastros digitais, o Big Data, geradas por IoT, e fazem estas informações fazerem sentido para todos os contextos.

Veja como estes personagens são entrelaçados e a importância entre eles clickando aqui

Veja também como a vida vem sendo transformada por eles clickando aqui

Que achou ? Qual sua opinião sobre o assunto ?

Aprecio por você está lendo meus posts. Espero que estes e os dois links tenham  sido úteis para você. 

Gostaria de saber sua opinião, comente, curta e repasse, em fim, dê oportunidade a outros terem acesso à estas informações, que podem vir a ser úteis para elas.

Obrigado!




quarta-feira, 3 de junho de 2015

Cloud, IoT e Big Data - Felizes para sempre.

O ano de 2015  será lembrado como o ano do casal Cloud e IoT,  porque  tudo que se fala os dois estão no meio.

De forma lúdica apresento avaliação do  cenário dentro do   contexto de Cloud, Internet das Coisas  (IoT) e Big Data.

Mas,  se você é leigo no assunto, veja primeiro o que é cada um dos personagens desta trama clicando aqui.


Cloud,  IoT  e Big Data - Felizes para sempre.

Será o início de uma era do "felizes para sempre"?

Sem dúvida será uma relação duradoura, mas como todos os casais, Cloud e IoT enfrentarão altos e baixos, "DRs" existirão, o passado dos dois será questionado, culpas serão lançadas entres os dois.  Será uma relação conturbada como qualquer outras, mas resistirá.

Haverá momentos tensos e rupturas que poderão colocar em jogo a existência dos dois.

Imagino nas crises e "DRs" do casal, de um lado cobranças da IoT que Cloud não responde rápido ou não têm a capacidade de absorver e entender sua demandas, por outro lado IoT será acusada de gerar muitos dados desnecessários, de ser vulnerável  e inconstante.

Mas Cloud não poderá  reclamar porque ja sabia das exigências e necessidades de IoT. 

Já sabia que IoT e suas bilhões de coisas onipresentes, encheriam todos os seus espaços. 

Já sabia que seria  necessário se expandir e  estar sempre pronto para novas e rápidas expansões. 

Tudo isso  para atender  a insaciável IoT.

Como todas as  almas gêmeas, o casal  se unirá para superar as dificuldades. 

Regras e padrões de convivências serão estabelecidos. Tanto Cloud como IoT conscientizarão   em abrir mão de sonhos e desejos próprios, espaços serão cedidos para conciliar os interesses e convivência harmônica. 

O amadurecimento da relação de Cloud e IoT, permitirá a evolução para um novo patamar de convivência e possibilidades. 

Mas esta convivência enfrentará novas dificuldades. Big Data, fruto da relação de IoT e Cloud irá consumir mais recursos de Cloud e exigirá ainda mais a onipresença e consumindo de tudo produzido por IoT. Ainda engatinhando e sem saber o que será no futuro, Big Data estará diante de volume cada vez mais abundante e assustador de dados produzido por IoT, sem ter capacitação por si só para produzir  qualquer coisa. 

Na adolescência, Big Data questiona sua própria razão, precisa ter propósito, entende que por si só não vê sentido a sua existência, é preciso fazer sentido. 

Nestas condições Big Data não teria  futuro, mesmo com todo o suporte de Cloud e IoT. 

A partir do seu amadurecimento, envolvimento e influências de  outros do seu reino encantado de TI (Hadoop, Analytics, e  etc), Big Data passa a ser referência no reino por produzir conhecimento e inteligência, passa  a ser "O Cara", capaz de influenciar no que é relevante, de compreender o mundo e tudo dentro dele, capaz de  fazer sentido a  tudo que não tinha sentido, não haverão perguntas sem respostas, não haverá espaço para meias verdades, a verdade será completa.
Em fim, Cloud, IoT e Big Data viverão felizes para sempre!

Será ?

Qual sua opinião sobre o assunto ?

Aprecio por você está lendo meus posts. Espero que este tenha  sido útil para você. Gostaria de saber sua opinião, comente, curta e repasse, em fim,  dê oportunidade a outros terem acesso à  estas informações, que podem vir a ser úteis para elas.

Obrigado!


terça-feira, 2 de junho de 2015

#IoT - Internet das Coisas - É ou não é a vez ?


O artigo do final de 2014 da Forbes já apontava o que está sendo evidenciado este ano com os recentes anúncios da Google, Huawei e Samsung entre outros.

Gartner: "A Internet das Coisas está se tornando uma parte vibrante da nossa paisagem, nossos clientes e nossos parceiros negócios e de TI. "

Vale a pena a leitura:



"A verdadeira revolução ainda está para vir."

Qual sua opinião sobre o assunto ?

Aprecio por você está lendo meus posts. Espero que este tenha  sido útil para você. Gostaria de saber sua opinião, comente, curta e repasse, em fim,  dê oportunidade a outros terem acesso à  estas informações, que podem vir a ser úteis para elas.

Obrigado!

Internet - Tendências (Trends 2015)

Se você tem interesse de sabe onde estamos e para onde estaremos em relação à Internet, recomendo acessarem a apresentação abaixo.


É fácil perceber o mundo de oportunidade e possibilidade que estão esperando por nós. 

Entre elas, alguns destaques:

  • 61% da população do planeta estão fora da internet, no Brasil são  50% desconectados - imagine quando estiverem todos. ( Isso explica a corrida do Google,  Facebook e etc. em levar acesso onde não há  conexão  no planeta) Vejam publicação: Google quer conectar o mundo interior a Internet em http://itforum365.com.br/noticias/detalhe/115930/google-quer-conectar-o-mundo-inteiro-a-internet
  • Na área de educação e assistência médica ainda tem muito a ser explorado. (não entendo o porque, mas, imagino que neste segmento haverá um crescimento significativo pelo potencial inexplorado)
  • Consolidação do uso do móvel, 51%  do tempo de acesso é feito por móvel e 49% nos  demais tipos de dispositivos. (Quem não tiver pronto para atende ao mundo móvel, começará a ser esquecido!)
  • No Brasil apenas 35% da telefonia móvel são Smartphone. (Se hoje já é lenta e se não houver investimentos para capacitar a infraestrutura, Imagine como será quando se tornar tão popular quanto é o acesso  a internet)

"A verdadeira revolução ainda está para vir."

Qual sua opinião sobre o assunto ?

Aprecio por você está lendo meus posts. Espero que este tenha  sido útil para você. Gostaria de saber sua opinião, comente, curta e repasse, em fim,  dê oportunidade a outros terem acesso à  estas informações, que podem vir a ser úteis para elas.

Obrigado!